O SUCESSO DOS 'BARRACOS' DE INTERNET

(por Haiyat Raziya)

A pergunta que não quer calar é: PORQUE AS BRIGAS VIRTUAIS, CONHECIDAS COMO 'BARRACOS DE INTERNET' FAZEM TANTO SUCESSO? Bem, eu não sou nenhuma psicóloga (ou psiquiatra), mas fiz uma pesquisa NA INTERNET pra tentar achar algumas respostas e na verdade, tudo que pude observar em termos de postagens sobre o tema são de blogs pessoais e sites sem a devida seriedade, onde o 'achismo' e as opiniões pessoais dão a tônica do tema, porém achei uma matéria interessante do Estadão digital, falando sobre as brigas virtuais em grupos que falam sobre mães, creches e partos cesárea. É bastante específico e não abrange o assunto brigas virtuais de uma forma ampla, mas para quem quiser dar uma conferida, CLIQUE AQUI.

Bom, já que o 'achismo' domina o assunto, para não fugir à regra geral, eis-me aqui, uma prova viva do quanto essas práticas podem ser prejudiciais, dando a minha parcela de contribuição à análise do tema. Mas antes eu gostaria de deixar claro que não estou aqui pra fazer nenhum tipo de provocação, envio de indiretas ou o que quer que seja! Essa análise eu deixarei às pessoas que tenham a parcela de PESO NA CONSCIÊNCIA e CULPA NO CARTÓRIO que lhes for conveniente, e que vistam a carapuça se assim desejarem, mas minha análise será totalmente isenta de qualquer influência. (olha eu dando o pontapé inicial a um barraco virtual, hahaha)

Começo a minha análise voltando no tempo, indo lááááááá no auge do ORKUT. Até hoje não existe sistema de interação de grupos no Facebook ou em qualquer outra rede social que se compare às comunidades do Orkut, e acredito que este seja o único mérito que atualmente ele tenha. O problema era o convívio nestas comunidades... Para aqueles que já são da geração Facebook, explico como funciona (isso porque o Orkut ainda respira sob ajuda de aparelhos...): De acordo com o tema da comunidade, você abria um fórum de debates, onde se colocava as opiniões de todos os membros da comunidade a respeito do tema. O problema começava quando alguém discordava de alguém. De início, na maioria das vezes as pessoas começavam com uma discordância normal, seguida de uma réplica. Aí começava a relação delicada desses debates virtuais, porque geralmente a pessoa que tinha sido replicada não aceitava muito bem isso e DEVIDAMENTE PROTEGIDA PELA BARREIRA DA TELA DO PC, começava uma série de impropérios e ofensas contra o(a) outro(a). Daí, as ofensas chegavam a níveis de 'favelice virtual explicita'! A pessoa poderia ser um(a) artista, cientista, designer, medico(a) ou o quais fossem suas posições sociais! O pseudo-anonimato da internet podia conferir a proteção adequada pra pessoa agir como um(a) favelado(a) barraqueiro(a), tirando das entranhas do seu ser todos aqueles palavrões e 'elogios' que em situações normais e reais renderia no mínimo uma visita à delegacia mais próxima.

O interessante nisso é que quando surgia uma situação assim, o fórum praticamente explodia de postagens e participações, e as motivações eram das mais variadas: panelinhas, ou seja, a pessoa ofendida era defendida pelos seus pares, os que morriam de dar risada e colocavam lenha na fogueira (a falta de SEXO é uma patologia séria), os que iam amenizar e acabavam ofendidos também, aqueles que fingiam que nada estava acontecendo e tentavam manter o assunto no foco, ou seja, era um verdadeiro 'jardim zoológico de loucos', porque é sério gente, uma pessoa com o mínimo de sanidade não ficava no meio de um furdunço desses! E coitados dos moderadores... (isso quando eles mesmos não curtiam essas favelices!) O fato é que os fóruns de comunidades com mais sucesso eram aqueles que tinham duas (OU MAIS) pessoas neuróticas ou no mínimo desocupadas trocando ofensas entre si, por escrito. A coisa chegou a tal ponto que as pessoas, que só realmente com muito pouco o que fazer na vida (inclusive sexo), começaram a criar perfis falsos (FAKES) para estimular as brigas em comunidades. Isso uma pessoa conhecida minha pôde verificar ao visitar o perfil de uma outra e ela perguntava a uma amiga a respeito de um fake (que até então acreditava-se ser uma pessoa real), onde esta perguntava o motivo de tanta pressa pra acha-la, no que ela respondeu "para botar fogo no post". Juro que quando ela me contou isso eu não sabia o que sentir, se PENA, REVOLTA ou VERGONHA ALHEIA... juro!!!


Acredito firmemente que depois dos vírus espalhados via rede social, foi justamente essas práticas que detonaram com o Orkut. Não se tinha mais troca de informações e/ou experiências, não tinham mais novidades, nada de útil ou interessante... MUITO PELO CONTRÁRIO! Era um verdadeiro show, um UFC, um somatório de FALTA DO QUE FAZER, com ASSINATURA DE ATESTADO DE RETARDAMENTO MENTAL e BURRICE EXPLÍCITA, e o pior, ISSO DIVERTIAAAAAAA!!!!! Mas como tudo nessa vida tem inicio, meio e fim, o barraco virtual cansou, e como a 'alma do orkut' tinha sido consumida por esse costume doentio, a rede social foi literalmente pro ralo, cedendo espaço ao Facebook.

Analisando o porquê dessa prática imbecil, só podemos chegar a uma conclusão: AS PESSOAS ESTÃO PRECISANDO URGENTEMENTE DE UM ANALISTA! Como é difícil alguém reconhecer suas próprias deficiências mentais, fica bem mais fácil despejar seu excesso de neurose do mundo moderno em cima de um 'bode expiatório' chamado REDES SOCIAIS, que além de afastado do mundo físico, protege até mesmo a sua identidade (se bem que isso está mudando...). E o que dizer daqueles que ficam completamente extasiados com uma situação dessas??? Sério, é simplesmente fantástico observar! Quer um post de sucesso? Arrume um barraco virtual e você vai ver o frenesí!!! Se fosse comparar com a vida real, imagina aquelas meninas na saída da escola, uma jurando a outra de 'porrada', aí do lado de fora dos portões da escola, aquela rodinha, as duas se descabelando e a galera gritando 'BRIGA, BRIGA, BRIGA'. A diferença é que nas brigas virtuais não vale a força, mas sim a inteligência de associar dicionário de ofensas a como coloca-las de forma q o outro(a) fique com a maior raiva possível.

Não é novidade para ninguém que o estresse da vida moderna já se transformou em uma patologia mundial, trazendo consigo a depressão, a síndrome do pânico e andando de mãos dadas com uma patologia que cada vez mais atinge as mulheres (as maiores barraqueiras da net, sem ofensas meninas...): A TPM. NITROGLICERINA PURA SE SOMADO A INTERNET! Também não é novidade que a internet se popularizou (maldita inclusão digital), e associada aos males da mente moderna acabou por se transformar no 'PROZAC' e 'LEXOTAN' mais barato e acessível. Não há quem diga que não se sentiu mais 'leve' depois de ter dito umas 'poucas e boas' pra uma pessoa que a ofendeu virtualmente! E euzinha seria uma hipócrita se dissesse o contrário, hahaha...

Com o crescimento do Facebook aos olhos dos ex-orkutianos, houve de início uma completa mudança de comportamento: novas formas de estabelecer contatos, os GRUPOS, que são bastante diferentes das comunidades e as PÁGINAS, que são uma forma mais ampla e aberta dos grupos, com uma série de configurações totalmente diferentes. Essa nova ordem social virtual trouxe um certo período de 'paz' e 'concórdia' entre as pessoas, mas como eu havia dito antes, foi uma mudança, e como toda mudança, há fases de adaptação. Em uma primeira análise, acho que essa fase de adaptação JÁ PASSOU, porque hoje mesmo, visitando um grupo de capas para perfis (aquelas imagens grandes que ficam no nosso perfil, atrás da nossa fotinha), me deparei com a seguinte situação: Uma menina perguntou em um comentário de uma das fotos da página se a pessoa responsável por fazer a arte poderia colocar o nome dela. Aí, um garoto chokito (aqueles 'novinhos' que são cheios de espinhas porque são punheteiros e nunca comeram ninguém) falou pra ela assim: 'Pega a foto e usa o Paint, sua burra'. MEOOOOOOOO, PRA QUE ISSOOOOOOO????? (mas pra um pré-aborrescente punheteiro e no mínimo repetente do pré-primário não podia se esperar outra coisa, né?) Enfim... os ex-orkutianos estão começando a dominar o nosso querido Facebook, e temo pela vida dele se continuar assim... mas não para por aí!

Como eu disse e repito mais uma vez, toda mudança traz uma fase de adaptação, e toda adaptação acaba trazendo transformações. No meu ponto de vista (e não posso negar, por experiência pessoal) as brigas virtuais explicitas características do Orkut, no Facebook se transformaram em INDIRETAS. É simplesmente interessante como agora as pessoas resolvem seus 'barulhos' virtuais! Não é novidade pra ninguém que o Facebook era visto como "A ELITE DAS REDES SOCIAIS MAIS QUERIDAS", e você arrumar uma quizumba virtual explicita com alguém era o mesmo que pedir ME MANDA VOLTAR PRO ORKUT AGORA!, kkkkkkk... Com isso nasceram as indiretas, que mais uma vez veio a tirar das entranhas dos cidadãos facebookianos uma outra 'qualidade': A HIPOCRISIA. Não mais se escreve diretamente o nome do sujeito e fala todos os impropérios que mamãe sempre te ensinou a não dizer, ou então levava pimenta na boca! Nããããooooo... agora vc usa MENSAGENS VISUAIS que tem geralmente uma frase de efeito q tenha a ver com seu desafeto, ou um STATUS também com uma frase de efeito que qualquer um diz que tem a ver com o seu 'probleminha' com o(a) sujeito(a), menos VOCÊ! Por isso eu afirmei que as indiretas despertaram a hipocrisia... fica mais fácil de dizer 'SE A CARAPUÇA SERVIU EM VOCÊ, VISTA-A!'. Meldels, porque não diz na cara da pessoa o que sente? Mas digo na cara mesmo! Na real! Se a pessoa está perto de você, chama ela pra um papo véio! Se não está, chama no reservado e descasca a mamona! Ou então, porque não exclui, bloqueia e pronto? Mas nããããoooo, tem que alfinetar, ofender!  PÁRA DE VIADAGEM DE ORKUT E SEJA MACHO(A) PRA SE EXPRESSAR QUE NEM GENTE GRANDE!!! Tem muito velho(a) por aí se comportando que nem aquele moleque chokito! JÁ DEU GENTE!

A explicação do motivo desses comportamentos já sabemos e pelo menos a maioria das pessoas com quem tive oportunidade de conversar concorda, então porque não acaba? Essa é a segunda pergunta que não quer calar...

Haiyat Raziya

Comentários

dança do ventre disse…
hahaha que Post legal! Acho que o povo gosta é do barraco, da polêmica por isso que faz sucesso..cada um que quer desabafar seu ponto de vista ou descontar a raiva em alguem....
agora quase morro de rir...
VAI USAR O CAPS LOCK ATÉ ME MATAR?? kkkkkkkk essa foi boa.
parabén pelo post, se puder me faça uma visitinha, aceito sugestões para melhoria. bjs
http://dancadoventrebellymaniacas.blogspot.com.br/