Aziza -Mor Said - Um pouco mais de nossos artistas - XXVII




1)À quanto tempo você dança?
Meu interesse pela Dança do Ventre começou em 1995.
 
2)O que te motivou a começar a Dançar?E quando você teve certeza que era isso que você queria para o seu futuro?
Motivação inicial : A beleza dos movimentos, leveza, delicadeza e sensualidade.
Não pensei na dança como profissão durante muito tempo. Comigo as coisas foram acontecendo. Eu apenas decidi que queria aprender e então busquei as ferramentas para realizar meu objetivo. Aconteceu deu me apaixonar e de me envolver cada vez mais. Quando dei por mim vi que meu envolvimento com a dança seria looonnnngo e amoroso.

 3)Quem foi/ foram suas professoras?Que cursos você fez?Quais foram seus favoritos?
Antes de ter a primeira professora de carne e osso, tive várias virtuais. Meus estudos começaram com vídeos, o primeiro foi de Lulu Sabongi, Regina Ferrari, Claúdia Cenci, depois vários vídeos de bailarinas internacionais (libanesas, egípcias e americanas), adquiridos na loja do Tony Mouzayek, na época eu nem sabia os nomes das bailarinas. Tive sorte (por não ter uma boa consciência corporal) em não me machucar e em conseguir eliminar os vícios adquiridos com o estudo sem a supervisão de uma profissional.
Minha primeira professora de carne e osso foi um homem: Hossam Hamzy, em um workshop em grupo. Neste workshop vi de uma só vez várias bailarinas maravilhosas que na época dançavam na casa de chá Khan El Khalili: Lulu, Dúnia, Fátima, Serena, Pallú e Kareema. Comecei então um trabalho mais direcionado (correção postural, limpeza de movimentos, conhecimento musical, interpretação, dicas valiosas) fizeram parte do meu processo: Lulu, Soraya, Kareema e muitas outras, além das virtuais (nunca abandonei o estudo por vídeos).
Fiz vários cursos, todos foram importantes. Favoritos ? Difícil classificar, cada curso, cada professor/professora contribuiu de uma forma. Importante citar a formação em Dança pela Universidade Anhembi Morumbi, que me possibilitou desenvolver uma visão mais ampliada da Dança, independente do estilo.


4)Quais são suas maiores inspirações?
Minhas maiores inspirações?  Vou mudando e minhas inspirações/musas também. Tem uma que sempre permanece: Soraya Zayed, gosto muito ! Atualmente, minhas companheiras da Khan El Khalili são fontes de inspiração.

5) Você ja sofreu algum tipo de preconceito,ou discriminação no meio da dança,ou de bailarinas particularmente?Como você lida com isso?
Já me senti desrespeitada algumas vezes. Minhas reações na ordem: surpresa, susto, raiva, tristeza, desapego.

6)Quais os principais benefícios que a dança te trouxe?
Vários benefícios: físicos, mentais, emocionais. O maior de todos: Auto-conhecimento(continua trazendo).

7)Em algum momento durante sua carreira você pensou em largar tudo?
Sim, mas passou rápido. 

8)O que você acha que tem de melhor? Seu ponto forte!
Meu ouvido.

9)Nos conte um sonho de consumo,um sonho impossivel,e um já relizado.
 Viajar pelo mundo sem data para voltar. Produzir um filme/documentário sobre a Dança do Ventre, uma abordagem histórica. Ser reconhecida pelo meu trabalho.

10)Como você define seu estilo? Qual seu ponto forte! 
Pra mim, meu estilo não dá para definir, porque não sinto que ele é definitivo, mas tenho algumas características: gosto dos opostos, alternar entre dinâmicas. Ponto forte: agilidade.

11)Quais são seus projetos atuais e futuro?
Desenvolver cursos de formação para professoras e para bailarinas, produzir DVD didático. 

12)E pra fugir um pouco a regra nos fale de você:
    Sua cor preferida,comida favorita,time de futebol,cantor preferido,um filme inesquecivel,uma pessoa muito importante.Como é a Aziza pessoa...
Cores preferidas: azul, vermelho, rosa ... (depende do momento). Comida: depende do momento, rsrs  adoro sopas, arroz e ovo, comida japonesa, massas... Não tenho time de futebol. Bono , do U2. História sem Fim. Pai e Mãe. Uma pessoa feliz, tranqüila, agitada, que adora dançar, dar aulas, ouvir música, meditar, ler. 

13)O que você acha dos concursos,selos,padrões?Eles realmente influenciam em algo?
São desafios, são importantes(principalmente o processo, toda a preparação), mais importante é como a participante se relaciona com eles, não deve ser encarado como verdade única.

14)O que você acha,que tem de mais errado no mundo da Dança?Em que ponto ficam coisas a desejar?
O que tem de errado no mundo da dança não é exclusividade apenas desse mundo, porque no nosso cotidiano também encontramos falta de compromisso, respeito, delicadeza, compreensão, amor. Felizmente acredito no bem, a presença deste é mais dilatada que o seu oposto.

15)O que vc pensa sobre o aumento de homens na dança,seja no folclore ou na dv propriamente dita?
Acho muito bom! Arte é para todos !

16)Qual o conselho que você daria a quem esta começando agora?
Experimentar algumas aulas, antes de escolher sua professora. 




Khan el Khalili 10-04-10 Aziza



Khan el Khalili - Bailarina Aziza (Noites no Harém)


Apresentação de Aziza no Festiva Lumina Qamar 2006



E essa foi a nossa entrevista com Aziza-Mor Said, espero que tenham gostado e aprendido um pouco mais!!!
Entrevista realizada por Nanda Salima.

Comentários

Priscilla disse…
Ameiii
sempre vejo videos dela e estou anciosaaaa esperando um video didatico dela
sucessoooooooooo
Anônimo disse…
I congratulate, what excellent message.